Angola-África
Seja Bem-Vindo ao meio de amigos Angolanos e que por aqui queremos recordar e reviver como os membros e amigos.
tudo o que ja viveram, se regsitre e fique a vontade.

Somente membros podem visualizar alguns assuntos, portanto, não perca tempo e cadastre-se.

Kiss a todos.

Angola-África


 
InícioPortalCalendárioFAQRegistrar-seConectar-se
Conectar-se
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
twitter Passarinho
Tópicos similares
    Últimos assuntos
    » Procura-se Angolanos - Ex-colegas - Amigos Infancia - Todos
    Qua Jan 04, 2017 3:00 am por Mary1960

    » músicas do meu tempo.
    Seg Maio 16, 2016 5:29 am por Alexandre Santos

    » Namibe Noticias ao vivo
    Qui Jun 11, 2015 2:06 am por Alexandre Santos

    » Informativos Gerais
    Qui Jun 11, 2015 1:59 am por Alexandre Santos

    » Malanje Noticias Frescas
    Ter Abr 07, 2015 10:16 pm por mariajoaomarques

    » Luanda Noticias Frescas
    Ter Abr 07, 2015 10:13 pm por mariajoaomarques

    » Lubango Noticias Frescas
    Ter Abr 07, 2015 10:08 pm por mariajoaomarques

    » Huambo Noticias Frescas
    Ter Abr 07, 2015 10:06 pm por mariajoaomarques

    » Cunene Notícias
    Ter Abr 07, 2015 10:02 pm por mariajoaomarques

    » Cabinda Noticia da Hora
    Ter Abr 07, 2015 9:56 pm por mariajoaomarques

    » Benguela Noticias da Hora
    Ter Abr 07, 2015 9:46 pm por mariajoaomarques

    » noticias Angola em Geral
    Ter Abr 07, 2015 9:34 pm por mariajoaomarques

    » A verdadeira Páscoa.
    Dom Abr 05, 2015 3:32 am por Alexandre Santos

    » NATAL !!
    Qua Dez 24, 2014 5:14 pm por mariajoaomarques

    » Musicas só Angolanas
    Dom Out 05, 2014 3:18 pm por Carla Carinhas

    » PROCURO FAMILIA MATERNA
    Sex Out 03, 2014 9:31 pm por Carla Carinhas

    » FALANDO COM DEUS.
    Sab Jun 07, 2014 10:07 pm por mariajoaomarques

    » Compre passaportes , carteira de motorista
    Ter Maio 06, 2014 3:15 pm por Fabioluiz11

    » Compre passaportes , carteira de motorista
    Ter Maio 06, 2014 3:14 pm por Fabioluiz11

    » Compre passaportes , carteira de motorista
    Ter Maio 06, 2014 3:09 pm por Fabioluiz11

    » Compre passaportes , carteira de motorista
    Ter Maio 06, 2014 3:09 pm por Fabioluiz11

    » Eventos Culturais e Cultura
    Qui Mar 27, 2014 6:44 pm por Alexandre Santos

    » Poemas Antonio Ausgusto Aguiar
    Sab Dez 28, 2013 5:40 am por Alexandre Santos

    » Respostas de Natal
    Qui Dez 19, 2013 4:54 pm por Carla Carinhas

    » Moda Africana no Brasil
    Sab Ago 03, 2013 1:15 am por Lucas Ryman

    » Designer Decoração Africana
    Sab Jul 27, 2013 5:13 am por Maristela Ibaldo

    » compra de tecidos
    Sex Jul 19, 2013 2:30 am por Alexandre Santos

    » Qua maior valor do mundo e Qual o seu Valor??
    Seg Maio 27, 2013 10:23 pm por Alexandre Santos

    » VERSOS SOLTOS
    Seg Maio 27, 2013 10:13 pm por Alexandre Santos

    » fotos impressionantes de 2008
    Sex Maio 17, 2013 3:56 pm por mariajoaomarques

    Horas e Previsão do Tempo

    Aqui o Sapo
    Baixar Imagens
    Radio Direto Angola
    Nova pagina 2

    Parcerias e Apoio
    Nova pagina 1


    Loja Virtual Presentes

    UOL HOST hospedagem de sites. Clique e conheça!

    Tenha estes produtos em sua mesa.


    Rádio Connect Music Box Rádio do Fórum

    Campanhas

    Compartilhe | 
     

     Poetas Portugueses

    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
    Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
    AutorMensagem
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos


    Data de inscrição : 11/05/2008
    Número de Mensagens : 4487

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qua Abr 28, 2010 2:00 pm

    NIRVANA

    Para além do Universo luminoso,
    Cheio de formas, de rumor, de lida,
    De forças, de desejos e de vida,
    Abre-se como um vácuo tenebroso.

    A onda desse mar tumultuoso
    Vem ali expirar, esmaecida…
    Numa imobilidade indefinida
    Termina ali o ser, inerte, ocioso…

    E quando o pensamento, assim absorto,
    Emerge a custo desse mundo morto
    E torna a olhar as coisas naturais,

    A bela luz da vida, ampla, infinita,
    Só vê com tédio, em tudo quanto fita,
    A ilusão e o vazio universais.

    Antero de Quental
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos


    Data de inscrição : 11/05/2008
    Número de Mensagens : 4487

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qui Abr 29, 2010 11:11 pm

    Pequenina

    Eu bem sei que te chamam pequenina
    E ténue como o véu solto na dança
    Que és no juízo apenas a criança,
    Pouco mais, nos vestidos, que a menina...

    Que és o regato de água mansa e fina,
    A folhinha do til que se balança,
    O peito que em correndo logo cansa,
    A fronte que ao sofrer logo se inclina...

    Mas, filha, lá nos montes onde andei,
    Tanto me enchi de angústia e de receio
    Ouvindo do infinito os fundos ecos,

    Que não quero imperar nem já ser rei
    Senão tendo meus reinos em teu seio
    E súbditos, criança, em teus bonecos!

    Antero de Quental
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qui Abr 29, 2010 11:14 pm

    João de Deus




    João de Deus (1830-1896) nasceu em S. bartolomeu de Messines, Faro, Algarve. advogado e jornalista, alcançou popularidade e glória com a Cartilha Maternal (1876) em que propôs a renovação e divulgação do ensino das primeiras letras.
    As suas poesias foram reunidas na colectânea Campo de Flores, publicada em 1893, incluindo-se nesta, duas obras anteriores: Flores do Campo e Folhas Soltas.
    Foi um dos grandes amigos e admiradores de Antero de Quental.

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qui Abr 29, 2010 11:16 pm

    A Caridade

    Eu podia falar todas as línguas
    Dos homens e dos anjos;
    Logo que não tivesse caridade,
    Já não passava de um metal que tine,
    De um sino vão que soa.

    Podia ter o dom da profecia,
    Saber o mais possível,
    Ter fé capaz de transportar montanhas;
    Logo que eu não tivesse caridade,
    Já não valia nada!

    Eu podia gastar toda afortuna
    A bem dos miseráveis,
    Deixar que me arrojassem vivo às chamas;
    Logo que eu não tivesse caridade,
    De nada me servia!

    A caridade é dócil, é benévola,
    Nunca foi invejosa,
    Nunca procede temerariamente,
    Nunca se ensoberbece!

    Não é ambiciosa; não trabalha
    Em seu proveito próprio; não se irrita;
    Nunca suspeita mal!

    Nunca folgou de ver uma injustiça;
    Folga com a verdade!

    Tolera tudo! Tudo crê e espera!
    Em suma tudo sofre!

    João de Deus, in 'Campo de Flores'

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Alexandre Santos
    Membros Ativos
    Membros Ativos


    Pais Residente :
    Localização : Brasil
    Data de inscrição : 13/03/2008
    Masculino
    Número de Mensagens : 4316
    Idade : 58
    Humor : up

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Sex Abr 30, 2010 5:53 am

    Tina:

    Depois da "chamadinha", no "conversas" fui olhar o painel, na página inicial e o que vejo..... Poetas Portugueses !!!! Aí pensei... e eu que gosto tanto de ler e não vi este tópico????????? Razão tinha a Tina de me dar uma "chamada" .

    Gostei muito do teu trabalho neste tópico, pena que alguns membros não entenderam bem o tipo de trabalho que estás a fazer; ou seja: primeiro colocas uma foto do escritor, em seguida falas sobre o nascimento, trabalho etc. depois, sim, colocas obras do Poeta.
    Algumas pessoas não entenderam e sairam misturando tudo, colocando obras de outro escritor, misturadas com este que a Tina estava escrevendo. Para mim, alguns membros falharam, no bom sentido, sem críticas. A Carla entendeu bem o que a Tina estava a fazer e fez postagens, de forma seqüencial . Fica um trabalho mais bonito.

    Comentar sobre estes GRANDES poetas...... eu ? Não me atrevo, apenas digo, LINDO TÓPICO este.

    Bjs,
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Sex Abr 30, 2010 8:11 pm

    Olá Alexandre,

    Obrigada pelo comentário ao tópico!

    Mas, se quiseres, sempre podes colocar um poema do autor que estiver a ser apresentado...


    Bjs.

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Sex Abr 30, 2010 8:14 pm

    Sol do Meu Dia

    Se eu fosse nuvem tinha imensa mágoa
    Não te servindo de asas maternais
    Que te pudessem abrigar da água
    Que chovesse das mais!

    E sendo eu onda, tinha mágoa suma
    Não te podendo a ti, mulher, levar
    De praia em praia sobre a alva espuma,
    Sem nunca te molhar!

    E sendo aragem eu, que pela face
    Te roçasse de rijo alguma vez
    Que o Senhor com mais força respirasse...
    Que mágoa imensa... Vês?

    E a luz do teu olhar que me não luza
    Um rápido momento a mim sequer,
    Como a águia no ar, que passa e cruza
    A terra sem na ver!

    Mas que me importa a mim! Se me esmagasses
    Um dia aos pés o coração a mim,
    As vozes que lhe ouviras, se escutasses,
    Era o teu nome... sim;

    O teu nome gemido docemente,
    Com toda a fé de um mártir em Jesus.
    Se acaso já em Cristo pôs um crente
    A fé que eu em ti pus!

    A fé, mais o amor! Porque ele expira
    Sem que a ninguém lhe estale o coração;
    E eu, se essa luz dos olhos me fugira,
    Sobrevivia? Não.

    Assim como em ti vivo, morreria
    Também contigo, se uma vez (que horror!)
    Te visse pôr, ó Sol!... Sol do meu dia!
    Astro do meu amor!

    João de Deus, in 'Campo de Flores'

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Sex Abr 30, 2010 11:49 pm

    Anseio

    Oh, quem me dera embalado
    Nesse berço vaporoso,
    Nuvens do céu azulado...
    Onde os meus olhos repouso
    Já de tanto olhar cansado!

    De tanto olhar à procura
    De um bem que o fosse deveras;
    De uma paz, de uma ventura
    Dessas venturas sinceras,
    Se as pode haver sem mistura.

    Mas há, sem dúvida: creio
    Neste desejo entranhável!
    Há-de haver um rosto, um seio
    De amor e gozo inefável
    Donde mesmo este amor veio!

    Este amor que a vós me prende,
    Nuvens do céu azulado!
    E a vós, lâmpadas que acende
    Depois do Sol apagado
    Quem... de Quem tudo depende!

    João de Deus, in 'Campo de Flores'

    _________________


    Última edição por Maria Ernestina Carvalho em Ter Maio 04, 2010 11:31 pm, editado 1 vez(es)
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Lopes
    Novato
    Novato
    avatar

    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 10/02/2008
    Masculino
    Número de Mensagens : 288
    Idade : 69
    Humor : muita calma nessa horal

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Dom Maio 02, 2010 1:28 am

    SEMPRE

    Não te vejo por entre a Gelosia;
    Nunca no teu olhar o meu repousa;
    Nunca te posso ver,e todavia,
    Eu não vejo outra cousa !

    JOÃO DE DEUS
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Lopes
    Novato
    Novato
    avatar

    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 10/02/2008
    Masculino
    Número de Mensagens : 288
    Idade : 69
    Humor : muita calma nessa horal

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Dom Maio 02, 2010 1:40 am

    A ENJEITADINHA

    - De que choras tu,anginho?
    "Tenho fome e tenho frio!"
    -E só por este caminho
    Como a ave que caiu
    Ainda implume do ninho!
    A tua mãe já não vive?

    "Nunca a vi em minha vida;
    Andei sempre assim perdida,
    e mãe por certo não tive!"

    -És mais feliz do que eu,
    Que tive mãe e...morreu!

    JOÃO DE DEUS
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Ter Maio 04, 2010 11:33 pm

    A Vida

    A vida é o dia de hoje,
    A vida é ai que mal soa,
    A vida é sombra que foge,
    A vida é nuvem que voa;
    A vida é sonho tão leve
    Que se desfaz como a neve
    E como o fumo se esvai:
    A vida dura um momento,
    Mais leve que o pensamento,
    A vida leva-a o vento,
    A vida é folha que cai!

    A vida é flor na corrente,
    A vida é sopro suave,
    A vida é estrela cadente,
    Voa mais leve que a ave;
    Nuvem que o vento nos ares,
    Onda que o vento nos mares,
    Uma após outra lançou,
    A vida – pena caída
    Da asa de ave ferida –
    De vale em vale impelida,
    A vida o vento a levou!

    João de Deus

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Lopes
    Novato
    Novato
    avatar

    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 10/02/2008
    Masculino
    Número de Mensagens : 288
    Idade : 69
    Humor : muita calma nessa horal

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qua Maio 05, 2010 1:36 am

    A cigarra e a Formiga

    Como a cigarra o seu gosto
    É Levar a temporada
    de Junho, Julho e Agosto
    Numa cantiga pegada,
    De inverno também se come,
    E então rapa frio e fome!
    Um inverno a infeliz
    Chega-se à formiga e diz:
    -Venho pedir-lhe um favor
    De me emprestar mantimento,
    Matar-me a necessidade;
    Que em chegando a novidade,
    Até faço um juramento,
    Pago-lhe seja o que for.
    Mas pergunta-lhe a formiga:
    "Pois que fez durante o Estio?"
    -Eu,cantar ao desafio.
    "Ah cantar?Pois, minha amiga,
    Quem leva o Estio a cantar,
    Leva o Inverno a dançar!"

    JOÃO DE DEUS
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Lopes
    Novato
    Novato
    avatar

    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 10/02/2008
    Masculino
    Número de Mensagens : 288
    Idade : 69
    Humor : muita calma nessa horal

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qua Maio 05, 2010 1:53 am

    Estrela

    Estrela que me nasceste
    quando a vista mal te alcança
    nessa abóbada celeste,
    onde a nossa alma descansa
    a sua última esperança...
    Estrela que me nasceste
    quando a vista mal te alcança.!

    Antes nascesses mais cedo,
    estrela da madrugada,
    e não já noite cerrada...
    Que até no céu mete medo
    ver essa estrela isolada...
    Antes nascesses mais cedo,
    estrela da madrugada!

    JOÃO DE DEUS
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qui Maio 06, 2010 3:14 pm


    Melancolia


    Oh dôce luz! oh lua!
    Que luz suave a tua,
    E como se insinua
    Em alma que fluctua
    De engano em desengano!
    Oh creação sublime!
    A tua luz reprime
    As tentações do crime,
    E á dôr que nos opprime
    Abres-lhe um oceano!

    É esse céu um lago,
    E tu, reflexo vago
    D'um sol, como o que eu trago
    No seio, onde o afago,
    No seio, onde o aperto?
    Oh luz orphã do dia!
    Que mystica harmonia
    Ha n'essa luz tão fria,
    E a sombra que me guia
    N'este areal deserto!

    Embora as nuvens trajem
    De dia outra roupagem,
    O sol, de que és imagem,
    Não tem essa linguagem
    Que encanta, que namora!
    Fita-te a gente, estuda,
    (Sem mêdo que se illuda)
    Essa linguagem muda...
    O teu olhar ajuda...
    E a gente sente e chora!

    Ah! sempre que descrevas
    A orbita que levas,
    Confia-me o que escrevas
    De quanto vês nas trevas,
    Que a luz do sol encobre!
    As victimas, que escutas,
    De traças mais astutas
    Que as d'essas féras brutas...
    E as lastimas, as luctas
    Da orphã e do pobre!

    João de Deus, in 'Ramo de Flores'

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qui Maio 06, 2010 8:56 pm

    Tristezas

    Na marcha da vida
    Que vai a voar
    Por esta descida
    Caminho do mar,
    Caminho da morte
    Que me há-de arrancar
    O grito mais forte
    Que eu posso exalar:
    O ai da partida
    Da pátria, do lar,
    Dos meus e da vida,
    Da terra e do ar
    Já perto da onda
    Que me há-de tragar,
    Embora se esconda
    No fundo do mar;
    De noite e de dia
    Me alveja no ar
    O fumo que eu via
    Subir do meu lar!
    Que sonhos dourados
    Me estão a lembrar!
    Mas tempos passados
    Não podem voltar.
    Carreira da vida,
    Que vais a voar
    Por esta descida,
    Vai mais devagar;
    Que eu vou deste mundo
    Talvez, descansar,
    E nunca do fundo
    Dos mares voltar!...

    João de Deus

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Fatima Berenguel
    Novato
    Novato
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 13/03/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 155
    Idade : 70
    Humor : ser a criança que existe em nós

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Sex Maio 07, 2010 11:45 am


    Uploaded with ImageShack.us

    Citação :
    Pensamento de uma criança africana.

    O poemas aqui contido foi retirado, Pois o topico se refere a Poetas Portugueses e aqui não consta o nome. Favor os membros repararem o nome e se é coerente ao topico em questão. Para não ter de retirar e ficarmos com o tópico sem sentido.

    Obrigado
    Autor Desconhecido
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Carla Carinhas
    Membros - Adm
    Membros - Adm
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
    Data de inscrição : 25/09/2007
    Feminino
    Número de Mensagens : 6397
    Idade : 52
    Humor : Sempre Alegre

    MensagemAssunto: Poeta: João de Deus   Sex Maio 07, 2010 3:15 pm

    Para dar o andamneto ao poeta já que estamos a falar dele.

    Perdão

    Seria o beijo
    Que te pedi,
    Dize, a razão
    (outra não vejo)
    Por que perdi
    Tanta afeição?
    Fiz mal, confesso;
    Mas esse excesso,
    Se o cometi,
    Foi por paixão,
    Sim, por amor
    De quem?... de ti!
    Tu pensas, flor
    Que a mulher basta
    Que seja casta,
    Unicamente?
    Não basta tal:
    Cumpre ser boa,
    Ser indulgente.
    Fiz-te algum mal?
    Pois bem: perdoa!
    É tão suave
    Ao coração
    Mesmo o perdão
    De ofensa grave!
    Se o alcançasse,
    Se o conseguisse,
    Quisera então
    Beijar-te a mão,
    Beijar-te a face...
    Beijar? que disse!
    (Que indiscrição...)
    Perdão! perdão!

    Poeta: João de Deus

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    http://www.connectmusicbox.com/
    Alexandre Santos
    Membros Ativos
    Membros Ativos


    Pais Residente :
    Localização : Brasil
    Data de inscrição : 13/03/2008
    Masculino
    Número de Mensagens : 4316
    Idade : 58
    Humor : up

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Sab Maio 08, 2010 4:59 am

    Tina:

    Eu não sei colocar nada rsssss.

    Bjs,
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Sab Maio 08, 2010 2:38 pm

    SONETO

    Mãe de todos os credos e misteres,
    Onde estejas, a Vida se agiganta,
    O mundo vibra e a natureza canta,
    Na antemanhã das bênçãos que nos deres.


    Mãe dos sonhos mais puros, se estiveres
    Em nosso coração, que a dor espanta,
    Será ela a visita sacrossanta,
    A cobrir-se de luzes, se o quiseres...


    Nada foge à virtude que irradias,
    Mãe, doce Mãe, fanal das alegrias
    Que ilumina as veredas mais escuras...


    Santíssima Senhora e Mãe Divina,
    Vem a nós, por presença que ama e ensina,
    Dos segredos da Paz e das Alturas!...


    João de Deus

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Seg Maio 10, 2010 7:50 pm


    Hino de Amor


    Andava um dia
    Em pequenino
    Nos arredores
    De Nazareth,
    Em companhia
    De São José,
    O bom-Jesus,
    O Deus-Menino.
    Eis senão quando
    Vê num silvado
    Andar piando
    Arrepiado
    E esvoaçando
    Um rouxinol,
    Que uma serpente
    De olhar de luz
    Resplandecente
    Como a do sol,
    E penetrante
    Como diamante,
    Tinha atraído,
    Tinha encantado.
    Jesus, doído
    Do desgraçado
    Do passarinho,
    Sai do caminho,
    Corre apressado,
    Quebra o encanto,
    Foge a serpente,
    E de repente
    O pobrezinho,
    Salvo e contente,
    Rompe num canto
    Tão requebrado,
    Ou antes pranto
    Tão soluçado,
    Tão repassado
    De gratidão,
    De uma alegria,
    Uma expansão,
    Uma cadência,
    Que comovia
    O coração!
    Jesus caminha
    No seu passeio,
    E a avezinha
    Continuando
    No seu gorgeio
    Em quanto o via;
    De vez em quando
    Lá lhe passava
    À dianteira
    E mal poisava,
    Não afrouxava
    Nem repetia,
    Que redobrava
    De melodia!
    Assim foi indo
    E foi seguindo
    De tal maneira,
    Que noite e dia
    Numa palmeira,
    Que havia perto
    Donde morava
    Nosso Senhor
    Em pequenino,
    (Era já certo)
    Ela lá estava
    A pobre ave
    Cantando o hino
    Terno e suave
    Do seu amor
    Ao Salvador!

    João de Deus

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Alexandre Santos
    Membros Ativos
    Membros Ativos


    Pais Residente :
    Localização : Brasil
    Data de inscrição : 13/03/2008
    Masculino
    Número de Mensagens : 4316
    Idade : 58
    Humor : up

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qui Maio 13, 2010 2:10 am

    Tina:

    Isso é muito lindo.
    Sabes, já estou com saudades tuas "antecipadas" ihihihih; que tal levares o "portátil" ??? Ahahahahah que explorador eu!!!

    Bjs,
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qui Maio 13, 2010 4:36 pm

    Oi Alexandre

    Vou pensar no assunto...
    eheheh


    Bjs.

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Maria Ernestina Carvalho
    Membros Ativos
    Membros Ativos
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Portugal
    Data de inscrição : 11/05/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 4487
    Idade : 67

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qui Maio 13, 2010 4:38 pm

    Dia de anos

    Com que então caiu na asneira
    De fazer na quinta-feira
    Vinte e seis anos! Que tolo!
    Ainda se os desfizesse...
    Mas fazê-los não parece
    De quem tem muito miolo!

    Não sei quem foi que me disse
    Que fez a mesma tolice
    Aqui o ano passado...
    Agora, o que vem, aposto,
    Como lhe tomou o gosto,
    Que faz o mesmo. Coitado!

    Não faça tal, porque os anos
    Que nos trazem? Desenganos
    Que fazem a gente velho.
    Faça outra coisa, que, em suma,
    Não fazer coisa nenhuma
    Também lhe não aconselho.

    Mas anos... Não caia nessa!
    Olhe que a gente começa
    Às vezes por brincadeira,
    Mas depois se se habitua,
    Já não tem vontade sua,
    E fá-los queira ou não queira!


    João de Deus in Campo de Flores

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Alexandre Santos
    Membros Ativos
    Membros Ativos


    Pais Residente :
    Localização : Brasil
    Data de inscrição : 13/03/2008
    Masculino
    Número de Mensagens : 4316
    Idade : 58
    Humor : up

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Dom Maio 16, 2010 9:37 am

    Tina:
    Boas férias.

    Bjs,
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Carla Carinhas
    Membros - Adm
    Membros - Adm
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
    Data de inscrição : 25/09/2007
    Feminino
    Número de Mensagens : 6397
    Idade : 52
    Humor : Sempre Alegre

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Ter Maio 18, 2010 10:07 pm

    Minha mãe

    João de Deus
    Quando a minha alma estende o olhar ansioso
    por esse mundo a que inda não pertenço,
    das vagas ondas desse mar imenso
    destaca-se-me um vulto mais formoso.

    É minha santa mãe, berço mimoso
    donde na minha infância andei suspenso;
    é minha santa mãe, que vejo, e penso
    verei sempre, se Deus é piedoso.

    Como línguas de fogo que se atraem,
    avidamente os braços despedimos
    um para o outro, mas os braços caem...

    porque é então que olhamos e medimos
    a imensa distância donde saem
    os ais da saudade que
    Quando a minha alma estende o olhar ansioso
    por esse mundo a que inda não pertenço,
    das vagas ondas desse mar imenso
    destaca-se-me um vulto mais formoso.

    É minha santa mãe, berço mimoso
    donde na minha infância andei suspenso;
    é minha santa mãe, que vejo, e penso
    verei sempre, se Deus é piedoso.

    Como línguas de fogo que se atraem,
    avidamente os braços despedimos
    um para o outro, mas os braços caem...

    porque é então que olhamos e medimos
    a imensa distância donde saem
    os ais da saudade que sentimos!

    João de Deus

    _________________
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    http://www.connectmusicbox.com/
    Alexandre Santos
    Membros Ativos
    Membros Ativos


    Pais Residente :
    Localização : Brasil
    Data de inscrição : 13/03/2008
    Masculino
    Número de Mensagens : 4316
    Idade : 58
    Humor : up

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qua Maio 19, 2010 11:16 pm

    Carla:

    Só poemas bonitos..... escolhidos a dedo !!

    Bjs,
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Fatima Berenguel
    Novato
    Novato
    avatar

    Pais Residente :
    Localização : Lisboa
    Data de inscrição : 13/03/2008
    Feminino
    Número de Mensagens : 155
    Idade : 70
    Humor : ser a criança que existe em nós

    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   Qui Maio 20, 2010 2:40 am

    Para quem sabe, o poema, que foi apagado, pk estava indevidamente colocado, por distração, poderia ter sido transferido para o seu devido lugar e ser apagado na totalidade, não tem geito nenhum, a foto ter ficado.

    Obrigada

    Fátima Berenguel
    Voltar ao Topo Ir em baixo
    Conteúdo patrocinado




    MensagemAssunto: Re: Poetas Portugueses   

    Voltar ao Topo Ir em baixo
     
    Poetas Portugueses
    Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
    Página 4 de 7Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte
     Tópicos similares
    -
    » Dois motards portugueses morrem em Marrocos

    Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
    Angola-África :: POETAS :: Poesias e Poemas :: Poetas Portuguesas-
    Ir para: