Angola-África
Seja Bem-Vindo ao meio de amigos Angolanos e que por aqui queremos recordar e reviver como os membros e amigos.
tudo o que ja viveram, se regsitre e fique a vontade.

Somente membros podem visualizar alguns assuntos, portanto, não perca tempo e cadastre-se.

Kiss a todos.

Angola-África


 
InícioPortalCalendárioFAQRegistrar-seLogin
Login
Nome de usuário:
Senha:
Conexão automática: 
:: Esqueci minha senha
twitter Passarinho
Tópicos similares
Últimos assuntos
» Procura-se Angolanos - Ex-colegas - Amigos Infancia - Todos
Qua Jan 04, 2017 3:00 am por Mary1960

» músicas do meu tempo.
Seg Maio 16, 2016 5:29 am por Alexandre Santos

» Namibe Noticias ao vivo
Qui Jun 11, 2015 2:06 am por Alexandre Santos

» Informativos Gerais
Qui Jun 11, 2015 1:59 am por Alexandre Santos

» Malanje Noticias Frescas
Ter Abr 07, 2015 10:16 pm por mariajoaomarques

» Luanda Noticias Frescas
Ter Abr 07, 2015 10:13 pm por mariajoaomarques

» Lubango Noticias Frescas
Ter Abr 07, 2015 10:08 pm por mariajoaomarques

» Huambo Noticias Frescas
Ter Abr 07, 2015 10:06 pm por mariajoaomarques

» Cunene Notícias
Ter Abr 07, 2015 10:02 pm por mariajoaomarques

» Cabinda Noticia da Hora
Ter Abr 07, 2015 9:56 pm por mariajoaomarques

» Benguela Noticias da Hora
Ter Abr 07, 2015 9:46 pm por mariajoaomarques

» noticias Angola em Geral
Ter Abr 07, 2015 9:34 pm por mariajoaomarques

» A verdadeira Páscoa.
Dom Abr 05, 2015 3:32 am por Alexandre Santos

» NATAL !!
Qua Dez 24, 2014 5:14 pm por mariajoaomarques

» Musicas só Angolanas
Dom Out 05, 2014 3:18 pm por Carla Carinhas

» PROCURO FAMILIA MATERNA
Sex Out 03, 2014 9:31 pm por Carla Carinhas

» FALANDO COM DEUS.
Sab Jun 07, 2014 10:07 pm por mariajoaomarques

» Compre passaportes , carteira de motorista
Ter Maio 06, 2014 3:15 pm por Fabioluiz11

» Compre passaportes , carteira de motorista
Ter Maio 06, 2014 3:14 pm por Fabioluiz11

» Compre passaportes , carteira de motorista
Ter Maio 06, 2014 3:09 pm por Fabioluiz11

» Compre passaportes , carteira de motorista
Ter Maio 06, 2014 3:09 pm por Fabioluiz11

» Eventos Culturais e Cultura
Qui Mar 27, 2014 6:44 pm por Alexandre Santos

» Poemas Antonio Ausgusto Aguiar
Sab Dez 28, 2013 5:40 am por Alexandre Santos

» Respostas de Natal
Qui Dez 19, 2013 4:54 pm por Carla Carinhas

» Moda Africana no Brasil
Sab Ago 03, 2013 1:15 am por Lucas Ryman

» Designer Decoração Africana
Sab Jul 27, 2013 5:13 am por Maristela Ibaldo

» compra de tecidos
Sex Jul 19, 2013 2:30 am por Alexandre Santos

» Qua maior valor do mundo e Qual o seu Valor??
Seg Maio 27, 2013 10:23 pm por Alexandre Santos

» VERSOS SOLTOS
Seg Maio 27, 2013 10:13 pm por Alexandre Santos

» fotos impressionantes de 2008
Sex Maio 17, 2013 3:56 pm por mariajoaomarques

Horas e Previsão do Tempo

Aqui o Sapo
Baixar Imagens
Radio Direto Angola
Nova pagina 2

Parcerias e Apoio
Nova pagina 1


Loja Virtual Presentes

UOL HOST hospedagem de sites. Clique e conheça!

Tenha estes produtos em sua mesa.


Rádio Connect Music Box Rádio do Fórum

Campanhas

Compartilhe | 
 

 Livros sobre Angola

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Maria Ernestina Carvalho
Membros Ativos
Membros Ativos


Data de inscrição : 11/05/2008
Número de Mensagens : 4487

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Ter Ago 10, 2010 9:34 pm

O Último Ano em Luanda

De Tiago Rebelo



Sinopse

Em 1974, uma revolução em Lisboa apanha de surpresa centenas de milhares de portugueses que vivem em Angola. A partir desse dia inicia-se a derrocada imparável de uma sociedade inteira que, tal como um navio a afundar-se, está condenada à destruição e à ruína. Em escassos meses, trezentos mil portugueses são obrigados a largar tudo e a fugir, embarcando numa ponte aérea e marítima que marca o maior êxodo da história deste povo. Para trás ficam as suas casas, os carros e até os animais de estimação. Empresas, fábricas, comércio e fazendas são abandonados enquanto Luanda, a capital da jóia da coroa do império português, é abalada por uma guerra civil que alastra ao resto do território angolano. Três movimentos de libertação, cujos exércitos estavam derrotados a 25 de Abril de 1974, estão novamente activos e combatem entre eles pelo poder deixado vazio pelas Forças Armadas portuguesas. É neste cenário de total desorientação social e de insegurança generalizada que Nuno, um aventureiro que há anos atravessa os céus do sertão angolano no seu avião, Regina e o filho de ambos se movem, numa extraordinária luta para sobreviverem à violência diária, às perseguições políticas, às intrigas e traições que fazem de Luanda uma cidade desesperada. Esta é a história de coragem e abnegação de um casal surpreendido, tal como milhares de outros, num processo de degradação que se deve à recusa do Exército em defender os seus próprios compatriotas a favor de um movimento até há pouco inimigo, ao desinteresse dos políticos, à total incapacidade do governo de Lisboa para impor os termos de um acordo assinado no Alvor e constantemente violado em Angola e à intervenção militar das duas potências mundiais envolvidas numa guerra fria que é combatida por intermédio dos exércitos regionais.

(retirado da net)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Maria Ernestina Carvalho
Membros Ativos
Membros Ativos


Data de inscrição : 11/05/2008
Número de Mensagens : 4487

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Dom Set 05, 2010 10:28 pm

Angola, Terra Prometida

de ANA SOFIA FONSECA




A vista tranquila da baía de Luanda, os banhos de mar quente a qualquer altura do ano, as mangas maduras, as lagostas frescas bem acompanhadas pela cerveja Cuca, os gelados do Baleizão, o cheiro da terra encarnada, as modas dos bailes e das grandes festas, as grandes caçadas no mato, as amizades férreas...
Os melhores anos da vida de muitos portugueses que em Angola encontraram uma terra quente e generosa. O cenário perfeito para uma vida boa, feita de pequenos e inesquecíveis prazeres.
Nos anos 50 milhares de portugueses embarcaram rumo à terra dos sonhos e das oportunidades, em busca de uma vida melhor. Foram como colonos e por lá ficaram e vingaram. Viveram a euforia do crescimento económico, de uma vida longe de uma metrópole esmagada pela ditadura salazarista.
Regressaram a Portugal, nos anos 70, como retornados. Para trás ficava a terra prometida. E o sonho de uma vida. Através de testemunhos e de uma pesquisa exaustiva leva-nos aos bairros de Luanda, ao dia-a-dia dos portugueses, ao seu quotidiano e aos costumes, em suma redesenha os contornos de um país que já só existe nas recordações de quem o habitou.

(retirado da net)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Maria Ernestina Carvalho
Membros Ativos
Membros Ativos


Pais Residente :
Localização : Portugal
Data de inscrição : 11/05/2008
Feminino
Número de Mensagens : 4487
Idade : 67

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Seg Out 25, 2010 6:38 pm

Fala-me de África

de Carlos Vale Ferraz

A história dos afectos e rivalidades de uma família com uma causa comum: o amor a África.




Sinopse
Em 1968 Armando Rodrigues foi a Angola chamado pela tia Helena. O que lhe aconteceu nos meses em que permaneceu na Fazenda Sizalinda, perto de Benguela, enquanto os jovens da sua geração combatiam nas florestas dos Dembos e nas planícies do Leste, durante a guerra colonial, é um segredo que o atormentou durante toda a vida. Passados quarenta anos decidiu acertar contas com o passado e revelar à sua família essa viagem a África.
As respostas que Armando Rodrigues e Leonor Brandão, filha de Helena, procuravam sobre o passado, conduziram-nos num mundo de ressentimentos dos que saíram de África, deixando para trás os bens e, principalmente, os sonhos. Daqueles a quem chamaram retornados, embora nunca tenham vivido na terra aonde a guerra os fez retornar. Mas descobrem um outro mundo muito mais perturbante: o dos que lutaram por uma nova África e sentem a tristeza da realidade. Dos que foram inimigos por uma causa comum: o amor a África!

(retirado da net)

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
mariajoaomarques
Membros Ativos
Membros Ativos


Localização : Portugal
Data de inscrição : 28/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 4884
Idade : 74
Humor : Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Qui Nov 04, 2010 5:53 pm

Jorge Valentim apresenta livro




Jorge Alicerce Valentim, veterano da cena política angolana, com passagem pela FNLA e UNITA e hoje independente, recolhido às origens, no popular bairro da Canata, no Lobito, apresenta hoje, às 17h30, no auditório do Centro de Formação de Jornalistas (Cefojor), em Luanda, um livro sobre os processos de paz que conduziram às primeiras eleições gerais em Angola, em Setembro de 1992.
O autor, que chefiou a comitiva da UNITA nas negociações com o Governo no ano de 1989, em Nsele, Kinshasa, e na quarta ronda de negociações em Lisboa, decisiva para os Acordos de Bicesse, afirma que escreveu a obra “depois de percorrer todas as direcções e diversos documentos narrativos dos principais factos do período entre 1989 e 1992, que refrescaram a minha humilde memória”.
Jorge Valentim refere que está agora em condições de “analisar objectivamente a difícil marcha do povo angolano na fase das grandes e profundas contradições para atingir a paz, reconciliação nacional e cooperação”.
O político, que voltou a ser o negociador autorizado pela UNITA de Jonas Savimbi, no período pós eleições, em Abidjan, no ano de 1993, e em 1994, em Lusaka, considera “quase um milagre” a convivência pacífica e harmoniosa vivida em Angola. “Foi muito difícil esta evolução, quase um milagre, a partir de dois mundos de ideias contrárias, de sistemas ideológicos e doutrinários que se combatiam e se excluíam para chegar, hoje, a uma convivência pacífica e harmoniosa no mesmo espaço nacional”, escreve o autor de “Caminho para Paz e Reconciliação Nacional - de Gbadolite a Bicesse (1989-1992)”, que sai a público com a chancela da Mayamba Editora.
Jorge Valentim foi porta-voz da UNITA, até 1997, ano em que rompeu com Jonas Savimbi, que lhe pediu para abandonar o cargo de ministro de Hotelaria e Turismo no Governo de Unidade e Reconciliação Nacional (GURN), e que regressasse às matas para continuar a guerra contra o governo de Angola, saído das eleições de 1992.
Brigadeiro reformado das Forças Armadas Angolanas, Jorge Valentim nasceu a 29 de Maio de 1937, no bairro da Canata, na cidade de Lobito, onde fez os seus estudos primários e secundários. Entre 1956 e 1958 fez os estudos liceais no Liceu Diogo Cão, Sá da Bandeira, actual Lubango. No ano de 1958 embarca para Portugal onde frequenta as faculdades de Medicina de Lisboa e de Coimbra, até evadir-se de Portugal, integrado no primeiro grupo de estudantes das colónias portuguesas que se vão juntar ao movimento de libertação nacional.
Ingressa na União das Populações de Angola (UPA), mais tarde Frente Nacional de Libertação de Angola (FNLA), em 1961. Nesse mesmo ano assume a presidência da União Nacional dos Estudantes Angolanos (UNEA) pró-FNLA. Pouco depois parte para os Estados Unidos de América, onde representa a UPA até 1963. Em 1964 representa a UPA no Katanga.
Já em Bruxelas, em 1966, adere à UNITA, recebendo como missão mobilizar ciclos políticos em África e Europa a favor do movimento. Desde então e até 1998 foi membro da direcção da UNITA. No mesmo ano, com Eugénio Ngola Manuvakola, cria a UNITA-Renovada, ao apresentar à imprensa nacional e internacional, o Manifesto do Movimento Renovador da UNITA que opta pela paz e reconciliação nacional, privilegiando a confrontação política à via armada. De 1997 a 2004 foi ministro de Hotelaria e Turismo . Em 2005 regressa ao Parlamento, como deputado pela bancada da UNITA, até às eleições legislativas de 2008. Agora oferece ao país as suas memórias políticas.

fonte: Jornal de Angola

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Sex Nov 19, 2010 12:53 am

Olá a todos!

A caminho do assalto às cadeias de Luanda, dando início a luta de libertação nacional contra o colonialismo facista português, decerto passaram por homens, velhos, mulheres e crianças de várias raças. Não os tocaram. Estava identificado o seu inimigo. Era o colono que de armas na mão, mantinha um povo há quase quinhentos anos sob sua dominação e encarcerava todos aqueles que politicamente/pacificamente, se opunham a tal barbárie. O mesmo não aconteceu com outros grupos armados que vieram aparecer em Angola.
Extrato da pág. 12
Mais informações



  • Autor:Kudijimbi
  • Genero:Ensaio
  • Editora:BJLA
  • Ano:2007
  • kiss a todos

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Ter Dez 14, 2010 9:36 pm

Olá a todos!


Lançamento do livro da esposa do Cabe.

Esta colectânea de poemas não pretende constituir se como uma obra literária e muito menos como um best-seller; consiste apenas numa demonstração de carinho para com os amigos, o seu País, a Natureza e o próprio Mundo.
Através dos seus poemas, viajamos ao seu Eu — aos seus próprios problemas diários e às suas visões sobre o futuro, às chanas de Angola, ao seu deserto e suas planícies e ao seu povo.


Nasci no sofrimento

Nasci por baixo da bandeira
portuguesa, no vale do
sofrimento, no ano da independência
quando o refúgio de uma
criança era debaixo de uma cama.
Nasci no país marcado por
cicatrizes e sangue,
onde o povo sorri de tristeza e
chora de alegria
em compasso
melancólico.
Nasci na cidade desértica,
na presença da Welwitschia mirabilis,
onde as dunas são perfumadas pela brisa do mar,
onde o pôr-do-sol é mágico e as noites
frias se perdem nos nevoeiros
esbranquiçados.
Nasci no sofrimento
onde a cruz que carrego
faz de mim forte para sorrir e ter
esperança a cada dia
da minha vida.

A Autora:
Idalina Santos nasceu em Angola na província do Namibe (antiga Moçamedes), onde se formou em Enfermagem.
Em 2001, veio para Portugal, com o seu marido, onde viveu até 2006, altura em que emigrou para o Reino Unido.
Actualmente, está a fazer a especialidade de Children’s Nursing (enfermagem pediátrica), na Universidade de Wolverhampton.
Desde os bancos da escola que sempre gostou de escrever e extravasar a sua veia poética.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Alexandre Santos
Membros Ativos
Membros Ativos


Pais Residente :
Localização : Brasil
Data de inscrição : 13/03/2008
Masculino
Número de Mensagens : 4315
Idade : 58
Humor : up

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Sab Dez 18, 2010 2:36 am

Desejo muito sucesso à minha comadre Idalina Santos, neste seu primeiro livro de poemas, que tive o privilégio de ler em primeira mão.

Esta minha amiga, esposa do também meu amigo e compadre Cabé Santos, chegaram hoje a Portugal para o lançamento do livro, " Verdades Ocultas".

Fiquei feliz em ver aqui no Forum, uma "chamada" para o lançamento do livro.

Um abração,

Alexandre
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Sab Dez 18, 2010 4:46 pm

Olá a todos!

POis é Alexandre ... eu não o li mas se o amigo diz ... acredito piamente.
E logico que eu iria colocar aqui ...pois adoro ver todos os meus amigos realizarem os sonhos que tanto lutam por eles.

E também espero todo o sucesso e que depois deste venham muitos mais por aqui.

kiss a todos

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Sab Jan 15, 2011 3:58 pm

Olá a todos!
Escritor Penelas Santana esteve no Huambo

Penelas Santana vendeu e autografou, na quarta-feira, no auditório da Rádio Huambo, o livro “O mundo não desaba quando termina uma relação”, de carácter bibliográfico.Editado em Luanda, na Rospene Edições, com uma tiragem de dois mil exemplares, o livro, o quarto do escritor, tem o preço de capa de dois mil kwanzas. Penelas Santana disse que o livro foi escrito com o objectivo de despertar nos angolanos o gosto pela leitura e para ajudar no resgate dos valores culturais.No livro, o autor procura chamar os jovens à atenção para a importância de uma vida sexual responsável, prevenindo-se em relação a gravidezes indesejadas e doenças.

Penelas Santana, natural do Kwanza-Norte, é autor dos livros “Crónicas da nossa gente”, publicado em 2005, “Dikwatu, Mortes na sanzala”, em 2006 e “Quando o adultério é sinónimo de amor”, em 2008.“O mundo não acaba quando termina uma relação” foi já apresentado e vendido nas províncias de Kwanza- Norte, Kwanza- Sul, Benguela e em São Tomé e Príncipe e Cabo Verde.
Dados cedidos: Revista Platina.
kiss a todos

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Sab Jan 15, 2011 5:07 pm


Apresentação do livro "Em Paz por Terras de Angola"

Sinopse
"Angola era o mais belo, rico e promissor País do Mundo". Quantas e quantas vezes já teremos ouvido estas palavras? Sejam elas proferidas por portugueses que viveram nesta ex-colónia, angolanos que visitam o nosso País, historiadores, jornalistas, enfim, todos são unânimes na descrição que fazem deste grandioso País africano que, outrora, esteve na vanguarda do progresso e do desenvolvimento em África.

Este livro é a prova irrefutável da veracidade dessas palavras. Angola era, realmente, um País único no Mundo, palco de riquezas indescritíveis e de uma beleza inigualável em qualquer outro ponto do Globo. Entre 1970 e 1975, numa épica viagem que levou Jean Charles Pinheira a percorrer quase 200.000 quilómetros por terras de Angola, a objectiva deste fotógrafo luso-francês captou imagens irrepetíveis, provas concretas de um País que, afinal, não vive apenas no imaginário de quem o viu: vive também aqui, nas imagens mágicas de Jean Charles Pinheira.

Das grandes metrópoles às savanas selvagens, das planícies às regiões montanhosas, dos desertos às florestas, nada escapou à objectiva de Jean Charles. Fauna e flora, indústria e gentes de Angola, tudo está aqui retratado, como que a legitimar as descrições que sempre nos fizeram de um País que existiu, deixou de existir e, agora, tenta renascer imponente, poderoso e capaz de ombrear com as maiores economias do Mundo.

A complementar as imagens que nos comovem e seduzem, os emocionantes e sentidos textos do angolano Sandro Bettencourt, jornalista com mais de 10 anos de carreira em Portugal, transportam o leitor para outro tempo, para outro espaço, para um Mundo que só é possível aqui, nas páginas desta magnífica obra. Um Mundo de Paz por Terras de Angola…

Kiss a todos



_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Alexandre Santos
Membros Ativos
Membros Ativos


Pais Residente :
Localização : Brasil
Data de inscrição : 13/03/2008
Masculino
Número de Mensagens : 4315
Idade : 58
Humor : up

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Seg Jan 17, 2011 6:04 am

E aí Carla ?? Como estás??
Gostei de ver mais um escritor Angolano. Aparecem muitos, e, .... bons. Há lugar para todos.

Bjs,

Alexandre
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Seg Jan 17, 2011 5:08 pm

Olá a todos!

Alexandre pois e não é que temos ... muitos e bons por la e fora tb?
Amigo por aqui estou sempre ... por vezes so lendo e nao comentando.
Mas por dentro de tudo.
Eu estou sempre bem amigo ... saúde o que temos sempre de cuidar.
E tu e familia ... temos de voltar aos papos no skype.
Quando voltar de férias ...que farei a partir do dia 24 ....estarei com cabeça ...para tudo de novo.

kakakakaka

kiss amigo e fica bem tu e familia linda.

kiss a todos

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Alexandre Santos
Membros Ativos
Membros Ativos


Pais Residente :
Localização : Brasil
Data de inscrição : 13/03/2008
Masculino
Número de Mensagens : 4315
Idade : 58
Humor : up

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Ter Jan 18, 2011 4:44 am

Carla:

Olha só a tua sorte rsssssss, dia 24 entras de férias e nôs aqui começamos o "batente", é que as aulas têm início dia 24 e daí tenho que levantar cedo rsssssssss .

Bjs,

Alexandre
Voltar ao Topo Ir em baixo
mariajoaomarques
Membros Ativos
Membros Ativos


Localização : Portugal
Data de inscrição : 28/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 4884
Idade : 74
Humor : Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Ter Abr 12, 2011 10:06 pm

Cultura
"Laços de Sangue" é tema de debate na auditório da União dos Escritores



Escritor desafia os leitores a analisarem consigo algumas questões pertinentes do livro

Fotografia: José Cola


O romance “Laços de Sangue”, do escritor Ismael Mateus, vai ser tema de debate literário da Maka à Quarta-feira, organizado semanalmente pela União dos Escritores Angolanos (UEA), em Luanda.
Segundo uma nota da UEA, o autor do romance pretende “desafiar” os seus leitores e outras pessoas interessadas no debate a discutirem assuntos relacionados com o casamento, o adultério, a infertilidade, a prostituição masculina, entre outros temas inerentes à vida conjugal, que o seu romance “Laços de Sangue” aborda.
O debate contará com animação musical e declamação de poesia, e Ismael Mateus vai autografar a sua obra, de 178 páginas, lançada em Fevereiro na sede da União dos Escritores Angolanos.
O romance descreve a história de amor entre o agente João Baptista e a bela e doce superintendente Natália, ambos da Polícia Nacional. João Baptista é servo temente e fiel a Deus, homem manso, que sofre passivamente as injustiças e perseguições do seu superior, o odiado oficial Carlos Caterça, enquanto a esposa incrédula, descrente de Deus, mas mulher forte e fiel, mãe e profissional valorosa, vive certa dos seus deveres e missão.
Com uma linguagem ágil, o autor vai tecendo no livro histórias de vidas que se entrecruzam, dramas pessoais, personagens hilariantes, caricatas, vidas engraçadas, desgraçadas, factos que se revelam, enquanto, pouco a pouco, o novelo se vai desenrolando.
No romance, editado pela UEA, o autor mostra-nos que casar não é o suficiente, “é preciso produzir rebentos, atestar a virilidade masculina e garantir a sucessão da linhagem familiar”.
Este é o sétimo livro de Ismael Mateus. O primeiro, que foi lançado em 1992, “Bué de Bokas”, é uma colectânea de vários textos de opinião, que coordenou, e, em 2000, publicou a colectânea “A Festa e o Luto”.
Ao primeiro romance de Ismael Mateus, “Os Tempos de Ya Kala Ya”, publicado em 2001, sucedeu “Unita que Futuro”, de 2002. No ano seguinte, edita “Sobras de Guerra”, e o primeiro caderno de poemas, “Experiências do Sentir”, é publicado em 2005, também pela União dos Escritores Angolanos, da qual é membro.
Jornalista de profissão e professor universitário, o escritor Ismael Mateus nasceu em Luanda a 6 de Julho de 1963.
Fez o seu curso médio de jornalismo no Instituto Médio Industrial de Luanda (IMIL) e o superior de jornalismo na Universidade de Coimbra, em Portugal.



fonte Jornal de Angola.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Qua Abr 13, 2011 1:42 pm

ola a todos!

Criada há mais de quatro anos, a Livraria Escolar Editora é uma empresa de direito angolano , fruto de uma parceria entre duas empresas, uma portuguesa e outra angolana.

“A empresa angolana entrou no capital da portuguesa e esta entrou no capital da angolana”, explicou Francisco Paulo.

Desde que foi criada, conta já com uma livraria em Luanda e outra na cidade do Lobito, onde também montou uma gráfica escola, num investimento que custou cerca de três milhões de dólares.

Segundo o responsável , a Escolar Editora tem como estratégias promover, paralelamente à venda a retalho de livros, acções de formação de quadros angolanos na arte de ser livreiro, na área da distribuição e na parte editorial.

Mais de trinta jovens beneficiaram já destas acções de formação. Alguns mantêm-se no seio da empresa, outros tantos, com os conhecimentos aí adquiridos, tiveram melhores oportunidades de emprego.

Jorge Bezerra é um dos jovens funcionários da livraria. Trabalha há mais de três anos na empresa, sendo um dos primeiros a integrar a equipa. Conta que antes de estar nesta empresa, trabalhava numa oficina, a mesma que produziu as estantes que serviram para colocar os primeiros livros vendidos pela Escolar Editora.

“Eles convidaram-me para trabalhar com eles e eu aceitei. A princípio fiz uma formação para arrumação de livros. Depois comecei a trabalhar no armazem, até que foi aberta a primeira livraria”.

O jovem conta que se sente bem a trabalhar na livraria, já que está mais próximo dos livros que precisa para dar seguimento à sua formação académica.

Já a jovem Sany faz parte da equipa há apenas uma semana. Diz que foi contratada apenas para apoiar as vendas na feira exposta no Belas Shopping, mas que está a gostar do trabalho. Por isso pretende continuar.

Quanto às acções na parte editorial, Francisco Paulo referiu o facto de a Escolar Editora ter produzido já alguns livros na área do Direito e na área das línguas, realçando a publicação do “Dicionário Português Umbundu”, da autoria de Grégoire Le Guennec e José Francisco Valente.

Neste particular, o responsável da empresa instou os académicos angolanos a escreverem obras científicas que possam enriquecer ainda mais o universo de livros à disposição dos estudantes angolanos.

“Neste momento já temos vários livros de actores angolanos na área científica académica, o que é extremamente positivo. A nossa esperança é que cada vez mais autores angolanos escrevam, porque há que resgatar também a competência dos professores. Hoje, no universo, os professores universitários têm cada vez mais que dar a conhecer ao mundo quais os trabalhos científicos que estão a fazer”.



Dados: Vladimir Prata

kiss a todos

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Ter Maio 31, 2011 7:04 pm

OLá a todos!

Áurio Quicunga escritor premiado


"Lodinho (Menino de Lodo, Boneco de Ouro)", de autoria de Mulombola, peseudónimo de Áurio Quicunga, venceu a 2ª edição do Prémio Literário Jardim do Livro Infantil, anunciou, na quinta-feira, em Luanda, o Instituto Nacional das Indústrias Culturais (INIC).
O chefe de secção do Planeamento e Leitura do INIC, Gilberto Zau, disse, na sexta-feira, ao Jornal de Angola, que o júri da presente edição do concurso – constituído por Irene Guerra Marques, Cremilda de Lima e Michel Mutaia Kanianga – decidiu distinguir, entre 23 obras, o livro de Mulombola, pela criatividade, perspectiva pedagógica e linguagem acessível à faixa etária a que se dirige.
Gilberto Zau frisou que júri apreciou no dia 18 do corrente mês as 23 obras a concurso, tendo igualmente atribuído o galardão ao livro do autor Mulobolola.
O vencedor vai receber o equivalente em kwanzas a cinco mil dólares e um diploma de mérito.
Além disso, a instituição pretende editar a obra, esperando apresentá-la na próxima edição da Feira do Jardim do Livro Infantil, que se realiza em Junho.
O Prémio Literário Jardim do Livro Infantil é uma iniciativa do INIC, com objectivo de incentivar a criação literária infanto-juvenil e promover o surgimento de novos autores e obras.
Maria Celestina Fernandes foi a vencedora da primeira edição, com "As Amigas em Kalandula".


O instituto promove também os prémios "Sagrada Esperança", criado em 1980, e "António Jacinto", em 1993.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Dom Jun 26, 2011 5:52 pm

Olá a todos!


A história de amor entre Carmelinda Valdez, bibliotecária angolana, e Manuel Sanchez, agente da secreta cubana, desenrola-se na cidade do Lobito, logo após o fim da guerra que assolara Angola depois da independência.
Duas histórias de vida entrelaçam-se e desaguam numa só, incapazes de escapar ao Amor maduro que se vai erguendo para lá das diferenças culturais e de mentalidade, muros transponíveis.
Ela, viúva de um português, receia uma nova relação. Ele, divorciado, distante da sua pátria, mergulha sem grande ponderação nas águas agitadas do coração de Carmelinda.
Enquanto tenta investigar um assunto de Estado que o levara oficialmente àquele país, o cubano dedica-se, nos momentos de ócio, a conhecer e conviver com um grupo de novos amigos encabeçado pelo Major-General Gabriel Valdez Kámando, militar aposentado das FAA e irmão de Carmelinda.
E é no decurso das demoradas refeições no restaurante Tamariz, propriedade de Umbelinda, a fogosa irmã mais nova do clã Valdez, que os tertulianos perscrutam e dissecam o passado de Angola e intentam traçar o seu futuro incerto…

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Qua Ago 10, 2011 9:52 pm

Olá a todos!



Benguela acolhe desde o início da semana uma feira do livro promovida pela direcção nacional da cultura. Neste evento, que terminará no domingo, participam várias organizações e livrarias da província de Luanda.
Segundo o supervisor da feira, José Balote, que falou à Angop, o evento visa dar a conhecer aos estudantes e à população a bibliografia diversificada e incentivar o hábito da leitura.

No certame estão expostas obras de vários escritores angolanos e estrangeiros. Há literatura infantil, académica, drama, romance, poesia, prosa, entre outros.

Angop/SOL

kiss

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Ter Set 27, 2011 10:20 pm

OLá a todos!

Segunda obra do escritor Edgar Álvaro intitula-se Adultério

Huambo - O escritor Edgar Álvaro perspectiva lançar, no final deste ano ou no início do próximo, o seu próximo livro intitulado "Adultério", dependendo da celeridade que for dada nos trabalhos de edição e revisão da obra literária.

Em declarações à Angop, referiu que neste momento decorre a fase de selecção e estruturação dos conteúdos do livro que, segundo ele, ajudará os cidadãos, sobretudo os casais, a entenderem os motivos e consequências do adultério.

A obra literária está a ser escrita em linguagem de fácil compreensão e inclui também conselhos práticos para pessoas envolvidas no adultério.

O autor do livro "Um olhar atento ao casamento", lançado em Março deste ano, salientou que a sua segunda obra literária trará reflexões de psicólogos e sociólogos sobre o adultério.

Na sua visão, o adultério é um fenómeno que tem causado efeitos “alarmantes” na sociedade actual e constituiu uma das principais causas de divórcios.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Camila Varela
Novato
Novato


Pais Residente :
Localização : Parana/curitiba
Data de inscrição : 26/08/2010
Feminino
Número de Mensagens : 73
Idade : 49
Humor : Alegre sempre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Ter Set 27, 2011 10:29 pm

Carla é uma pena que não encontramos estas edições por aqui.
Mas fico feliz em ler e saber.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Manuela
Novato
Novato


Pais Residente :
Localização : Brasilia
Data de inscrição : 27/01/2009
Feminino
Número de Mensagens : 202
Idade : 54
Humor : Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Sab Out 01, 2011 8:29 pm




Camila tens muita razão, pois eu adoro ler e não achamos estes livros mesmo.
Que é uma grande pena e perda.


love1
Voltar ao Topo Ir em baixo
Camila Varela
Novato
Novato


Pais Residente :
Localização : Parana/curitiba
Data de inscrição : 26/08/2010
Feminino
Número de Mensagens : 73
Idade : 49
Humor : Alegre sempre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Ter Out 11, 2011 2:12 am


FICHA TÉCNICA ANTÓNIO QUINO (Organizador) Contos de: TIMÓTEO ULIKA EDUARDO BETTENCOURT PINTO E.BONAVENA JOSÉ LUÍS MENDONÇA ANTÓNIO FONSECA FREDERICO NINGI JOÃO TALA ZETHO CUNHA GONÇALVES JOSÉ EDUARDO AGUALUSA CARMO NETO RODERICK NEHONE ALBINO CARLOS ONDJAKI GOCIANTE PATISSA
Edição: união dos escritores angolanos/2011. A escala dos contistas foi, propositadamente, disposta numa hierarquia que obedece à data dos seus nascimentos. Assim, iniciamos a Breve Antologia com os contos dos autores mais velhos e terminamos com os dos mais novos, criando uma espécie de pico que tem no cimo memórias mais distanciadas do presente e, na ponta final, um presente menos pretérito, mas cujo epicentro são os invariantes literários globais e locais que permitirão certamente ao leitor construir mentalmente uma Angola com trinta anos de idade através do princípio de representatividade marcado pela presença de elementos simbólicos que reflectem o meio cultural e psicológico do autor e da própria obra.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Manuela
Novato
Novato


Pais Residente :
Localização : Brasilia
Data de inscrição : 27/01/2009
Feminino
Número de Mensagens : 202
Idade : 54
Humor : Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Qua Nov 09, 2011 3:54 pm


Zaire
Feira de Livros prestigia jornadas científicas da Escola Superior de M'banza Kongo

M'banza Kongo - Uma exposição de livros diversos decorre desde hoje, na Escola Superior Politécnica de M'banza Kongo, província do Zaire, no âmbito das 3ªs Jornadas Científicas daquela instituição universitária.

A iniciativa decorre até 9 de Novembro e reúne cerca de uma centena de manuais de ciências exactas (matemática, física, química), sociais e económicas, de autores nacionais e estrangeiros.

Outros manuais que abordam temáticas de carácter político estão igualmente expostos.

Falando à Angop, alguns estudantes da escola superior louvaram a iniciativa da direcção e solicitaram a abertura urgente de uma biblioteca interna.

Sublinharam que na falta de manuais escolares e de uma sala de Internet, uma biblioteca afigura-se fundamental para os trabalhos de pesquisa e auto-estudo.

Ainda no âmbito das jornadas "Novembro Académico", foi organizada uma campanha especial de actualização do registo eleitoral a nível deste centro de formação superior.

A Escola Superior Politécnica de M'banza Kongo, que actualmente atende 315 alunos matriculados, nos cursos de Física, Matemática, Química, Gestão e Psicologia, é a terceira região académica da Universidade 11 de Novembro. Existe desde 2010.

A universidade pública abarca as províncias de Cabinda (onde está a sede) e do Zaire.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Dom Mar 11, 2012 4:55 pm

Ola a todos!



Livro lançado em Maputo está agora nas estantes das livrarias em Angola

Acedi ao honroso convite que pessoalmente me foi formulado pelo autor no sentido de redigir uma apreciação literária ao seu poemário autobiográfico de recordações e memórias, a que deu significativamente o título de “Batuque Mukongo”, uma obra editada em 1ª edição em 2012, sob a chancela da União dos Escritores Angolanos (UEA).
Sabia pela imprensa do seu lançamento exitoso em Maputo (Moçambique) e, ainda que não o tivesse lido, tinha plena consciência da responsabilidade que se abatia sobre mim quando há precisamente uma semana recebi o livro das mãos de Fragata de Morais para o analisar e comentar.
E essa consciência advinha-me (e advém) de o autor de “Batuque Mukongo” ser o mesmo que escreveu em 343 páginas “A Prece dos Mal Amados”, já lido e muito apreciado por mim. Releva dizer que Fragata de Morais, no romance histórico “A Prece dos Mal Amados” se me apresentou então, em 2008, como sendo um escritor angolano de excelente prosa em língua portuguesa, a que faz acrescer em toda a obra um raro fio condutor histórico-filosófico que necessitava de uma profunda reflexão interpretativa da minha parte, para encontrar a sua direcção como corrente de pensamento ou teoria. Particularmente, foi-me muito gratificante ter escutado de Fragata de Morais o testemunho vivo de que a minha análise então publicada sobre “A Prece dos Mal Amados” se constituiu num êxito retumbante, que muito contribuiu para a projecção que a obra recolheu no interior e exterior do país.
Ao assumir agora o compromisso de comentar “Batuque Mukongo”, desde logo me interroguei se não estaria de novo diante de uma obra de escassos 20 poemas, sim, mas que me obrigaria a decifrá-los através de um processo de interpretação histórica, lógica e gramatical, que me conduzisse sem desvios nem distorções à “ratio” do autor, ainda que navegando numa poesia com algumas doses de hermetismo e simbolismo. E não me enganei, de facto. Em “Batuque Mukongo”, Fragata de Morais repete-se em grande como um poeta-filósofo existencialista moderno e um fervoroso nacionalista angolano nascido em terras do Uíge.

SAIBA MAIS

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Dom Abr 01, 2012 5:44 pm

Olá a todos!

Kimbundu uma Língua emblemática

O especialista congolês Jean de Dieu N’sonde defende na sua obra “Falemos Kimbundu Língua de Angola” lançada em Paris pelas edições “Harmattan” que o Kimbundu joga um papel importante na consolidação da Nação angolana
Selado no bom formato de 140 páginas este estudo é o seguimento lógico dos notáveis trabalhos anteriores deste antigo estudante da rigorosa Escola Histórica de Brazzaville.
Este Doutor em História Pré Colonial na Universidade de Paris 1 completa com este livro as suas sólidas análises sobre a evolução religiosa, linguística e civilizacional do imenso conjunto federal Kongo e dos seus territórios aliados.
N’sonde, cuja tarefa foi facilita pela similaridade do kikongo com o kimbundu, falares considerados, até recentemente, variantes de uma mesma língua que era visivelmente, ainda veicular em Loanda no século XVI, marca o início da diferenciação mais pronunciada, entre os dois idiomas gémeos, a partir da violenta fundação da colónia portuguesa de Angola nas terras do aliado Ndongo, território igualmente dos Nzinga.
O kimbundu foi naturalmente arrastado pela dinâmica histórica e apresenta-se hoje, segundo o especialista congolês, actualmente Professor a trabalhar em Guadalupe (Antilhas Francesas), como a língua angolana que mais fagocitou retenções do português e também o idioma que mais deu à língua de Camões os seus bantuismos. Foi também o que produziu mais intrumentos linguísticos: dicionários, glossários e gramáticas.
A língua da “Warrior Queen of Matamba” foi influenciada pela consolidacao militar deste território ocupado à forca, com as suas capacidades de activismo esclavagista e a imparável primeira evangelização.
A epopeia do idioma dos Mondongos, escravos, tem prolongamento no Golfo da Guiné e no além-Atlântico, num inseparável duo genérico congo/angola, com a produção dos mesmos suportes de aprendizagem, sobretudo religiosos, e participando gradual e definitivamente na formação de crioulos com base romana ou anglo-saxã.

O idioma dos Ambundu foi convidado na Angola pós-Berlim para a literatura com afirmação autonomista. Os poetas–nacionalistas utilizam, antes e depois da Segunda Grande Guerra, a sua impenetrável carga antropológica a fim de exprimirem as suas esperanças de liberdade.

Intercompreensão

Principal língua bantu em uso na definitiva capital da colónia e do actual Estado independente, a fala da Feira de Cassanje foi a que teve, entre as línguas autóctones, a expansão a mais significativa no território, como consequência do seu papel pivot nas trocas comerciais com o “hinterland”.
Outro ganho desta situação administrativa, o kimbundu é a língua, por excelência, da música urbana, em suma, da principal expressão musical nacional e do português particularizado do país. A conclusão do historiador congolês de Mfwa instalado nas Caraíbas é de que o kimbundu é o primeiro idioma bantu falado hoje, na região de Luanda e nas zonas rurais adjacentes. A sua importância mantém-se graças à sua difusão no pacote de “Ngola Yetu”, a estacão da Rádio Nacional de Angola especializada nas línguas nacionais, que emite em ondas curtas por todo o conjunto do território nacional, atingindo também as comunidades kimbundófonas do Bandundu, no Congo Kinshasa.
A situação do jargão dos Kisamas e Dembos perdura graças igualmente a diversos factores de carácter cultural ou político, tais como a sua inclusão no sistema de ensino geral e de formação profissional, na administração dos municípios e comunas e na realização das campanhas eleitorais.
Com as suas longas bandas de intercompreensão linguística, atingindo pelo menos seis províncias do país, a sua persistente colagem ao kikongo, ilustrada pela reedição do dicionário do Padre Da Silva Maia sobre as duas línguas aparentadas de Cannecatim, o kimbundu joga, sem dúvida, ao lado dos outros idiomas do país, o papel de importante língua bantu para a consolidação da Nação angolana.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Qua Maio 23, 2012 11:25 pm

Ola a todos!

CONHECER O AUTOR
Carlos Duarte

Nascido em Malange Angola. Morador no Lobito por muitos anos. Actualmente morando no Brasil, Rondônia.


A PrimA Primeira Travessia de África
Ou como os pombeiros Pedro João Baptista e Amaro José atravessaram o Continente Africano

Este livro é um resgate ficcional da primeira travessia do continente africano, Luanda a Kelimane, empreendida por dois pombeiros angolanos – escravos eles também – de 1802 a 1811, sem o apoio básico para empreitada de tal porte.
Foram bem sucedidos, criteriosos na anotação de referências, de costumes e culturas, mas não lhes foi dado qualquer valor. Ao ponto de não existirem hoje os registros feitos no decorrer da viagem, nem tão pouco preservados pelas autoridades coloniais da época.
Sabe-se que Livingstone, cerca de meio século depois, utilizou os diários dos dois pombeiros, na preparação da mesma travessia. Acredita-se que na Sociedade Geográfica de Londres, ainda existam frações desses diários. Porque é que tal aconteceu? Porque eram “MESTIÇOS AO SERVIÇO DE TRAFICANTES DE ANGOLA”, segundo escreveu o Belga A. J. Waters em finais do Séc. XIX, dizendo no entanto mais à frente “É CONTUDO, POR UM GRANDE NUMERO DE POSIÇÕES, A ÚNICA AUTORIDADE SOBRE A QUAL NOS CONTINUAMOS A APOIAR”!
Pedro João Baptista e Amaro José foram dois heróis, e a viagem que empreenderam, na realidade, não terá sido muito diferente da descrita nas páginas deste livro.

FichaTecnica:
Editora:Luna Art
Colecção:
Data de Publicação: 05-2012
Encadernação: Capa mole - 204 páginas
Idioma: Português
ISBN: 9789892029887
Dimensões do livro: 148 x 210 mm
Avaliação média dos leitores:1 2 3 4 5 (0 comentários dos leitores)


_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Carla Carinhas
Membros - Adm
Membros - Adm


Pais Residente :
Localização : Brasil - Paraná - Curitiba
Data de inscrição : 25/09/2007
Feminino
Número de Mensagens : 6397
Idade : 52
Humor : Sempre Alegre

MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   Ter Jun 19, 2012 4:39 pm

Ola a todos!

Literatura
Livros infantis à venda no Parque da Independência em Luanda


Luanda - Livros infantis de autores angolanos e estrangeiros estão expostos para a venda, desde a manhã de hoje (domingo) no Parque da Independência, em Luanda, em alusão ao 16 de Junho, Dia da Criança Africana.

Numa iniciativa da livraria Texto Editoras, a amostra contém obras, na sua maioria ilustradas, que ajudam a conquistar a criança ao gosto pela leitura.

Livros de autores angolanos, como “ Histórias e Historietas”, de Cremilda de Lima, e de estrangeiros, como “ Grandes Birras”, de David Borgenict e James Grace, fazem parte desta sessão de venda.

Em declarações à Angop, o coordenador de feiras e eventos da referida livraria, Pedro Cristóvão, disse ser fundamental incentivar as crianças a gostar de leitura, razão pela qual a sua instituição promove, há quinze anos, exposição de venda de livros, especialmente nos períodos importantes como o de Junho, mês dedicado aos menores.

“Se as pessoas desde tenra idade já poderem ler livros isto faz com que possam vir a ser bons escritores também. Por isso, os pais não só devem oferecer brinquedos, mas também livros para que as crianças saibam a importância destes mestres mudos”, asseverou.

O Dia da Criança Africana é celebrado todos os anos a 16 de Junho em memória às crianças negras do Soweto (África do Sul), neste dia, em 1976, saíram à rua em protesto contra a falta de qualidade no ensino a que tinham acesso e para reivindicar o direito de aprender na sua própria língua.

Centenas de rapazes e raparigas foram mortos e, nas duas semanas de protesto que se seguiram, mais de 100 pessoas morreram e mais de mil ficaram feridas.

Em memória às crianças mortas do Soweto e dos manifestantes que com ela protestaram e também para chamar a atenção para a situação actual das crianças do continente, a Organização da União Africana (OUA-actual União Africana) instituiu em Addis-Abeba, Etiópia, em 1991, o Dia da Criança Africana.

_________________
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.connectmusicbox.com/
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Livros sobre Angola   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Livros sobre Angola
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 7 de 8Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Dúvida sobre vitrines
» Filme sobre modelismo
» Falar sobre mim(filipao3)!
» Força sobre-humana / Super-força
» Chrono Trigger - Figurinhas Repetidas(Preciso dessas figurinhas)

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Angola-África :: Livros Sobre Angola-
Ir para: